Felicidade É Ser, Permanece Firme No Ser E Segue A Estrela

O que fazer para ser feliz? Essa é uma pergunta frequente em nossas vidas humanas… ou nem tão humanas assim… Mas, será que é uma questão de fazer ou de apenas ser? Aqui é que se encontra o xis da questão, meu caro Watson! A merda é que fomos educados para ter, possuir, conquistar, menos que isso não é aceito pela nossa sociedade civilizada, tão civilizada que esqueceu de ser feliz; sim, porque a felicidade é simples, é o óbvio ululante bem à frente do nosso nariz, ou de alguma outra parte do corpo que tu prefiras. Porém, a mente demente, que mente pro crente e pro descrente, imagina sempre a felicidade como algo bem distante do pobre sujeito. Aí o pobre sujeito – eu e tu – se esbagaça todo correndo a vida inteira atrás da tal da felicidade.

Felicidade é ser, permanece firme no ser e segue a estrela

Mas, se a felicidade se encontra sempre no aqui e agora, por que cargas d’água não somos capazes de dar de cara com ela? Porque a mente, que deveria ser nossa serva, sempre nos arrasta pra longe dela – da felicidade. Sim, o papel da mente é ser nossa serva, mas fizemos dela a nossa senhora toda poderosa. Até inventamos um Deus todo poderoso que é a cara da nossa mente. Só para nos torturar… É mole? Para ficarmos no presente precisamos dar uma rasteira na mente. Sim, precisamos nos antecipar a ela, ou seja, sermos mais rápidos do que o pensamento. Pronto, estamos no momento presente, onde tudo permanece um eterno vazio. Os pensamentos? Não luta contra eles, não é necessário gastar energia com eles, afinal são só pensamentos, não são reais. Eles só se concretizam se dermos a eles atenção.

Felicidade é ser, permanece firme no ser e segue a estrela

Quando tiveres essa sacada, será fácil permanecer no presente, tu começarás a curtir o aqui e agora. O presente, ou eterno presente, é o espaço vazio, como o espaço profundo, onde os corpos celestes se deslocam nas suas órbitas. O mesmo espaço que há lá fora, existe dentro de cada um de nós. Afinal, como dizem os sábios, somos um microcosmos…! Que maravilha curtir o espaço, não é mesmo? Que paz, tranquilidade e bem-aventurança! Pois então, essa é a felicidade, ou seja, curtir o espaço vazio que somos de fato. Assim, a felicidade é SER, e não TER. De repente, neste espaço vazio e profundo, começam surgir estrelas. Opa, que maravilha! Uma estrela aqui, outra ali, bilhões delas… Mas como!? Eu sou rico e não sabia disso?!

Felicidade é ser, permanece firme no ser e segue a estrela

Sim, tu és muito rico. A riqueza é o nosso dom natural e divino. Estrelas e mais estrelas… luzes e mais luzes… Escolhe apenas uma delas… dá a ela a tua atenção. Foca nela! Não desgruda dela! Deixa ela te levar… Flui com a sua luz e sabedoria… A partir desse momento o TER começa a se concretizar. Um detalhe importante: Esse TER é pleno de bênçãos porque está surgindo do teu SER, do teu vazio, do teu ventre. O nosso ventre é o ventre da mãe Existência. Segue a luz, segue a estrela, e ideias originais começarão a surgir… Mas fica atento, pois a velha mente condicionada fará de tudo para colocar empecilhos, para te chamar de louco e te alfinetar com julgamentos. Permanece firme no SER, e segue a estrela que é a tua luz verdadeira, que é a tua essência louca para se manifestar.

  • Joel Munhoz (Olói)

A Lua Nos Ajuda A Enxergarmos No Escuro

Quem tem medo da escuridão aí? Quanto mais agarrados aos condicionamentos, às opiniões, às crenças, aos deves e não deves (ao ego), mais medo temos da escuridão. Por que? Porque a escuridão é o desconhecido. Entrar na escuridão é entrar no desconhecido e só pode entrar no desconhecido quem conheceu a si mesmo, pelo menos a algum grau. A mente quer controlar tudo… pobre mente! Não consegue perceber que, por mais brilhante que seja, é apenas um grão de areia na existência. A Vida é muito mais sábia do que todas as mentes. O tantra arcano 18 A LUA é a noite negra da alma, o derradeiro portal de iniciação… sim, porque depois surge o sol.

A lua nos ajuda a enxergarmos no escuro

Momentos de muita confusão são vivenciados nesta dimensão da Lua. Se tentarmos sair dela, ficaremos ainda mais confusos e, para não enlouquecermos nem entrarmos em pânico, nos agarraremos à primeira tábua de salvação que passar por nós. Se assim procedermos estaremos abortando um magnífico aprendizado, estaremos desperdiçando uma oportunidade de deixarmos o passado para trás. É um momento muito rico para nos livrarmos do velho ego, se não totalmente, pelo menos um pouco mais… Assim, aproveita a escuridão e te joga nela. Vai devagarinho, se acostumando aos poucos… Faz da confusão a tua aliada que ela te mostrará os seus mistérios.

A lua nos ajuda a enxergarmos no escuro
Tantra arcano 18 A Lua, a visão interior

A confusão tem o poder de desmontar os nossos condicionamentos. Que maravilha, né… se livrar dos condicionamentos, respirar livremente o ar puro da vida pura… A confusão tem o seu próprio tempo. Te permite ficar confuso (a) o tempo que for necessário! Tu sairás naturalmente da confusão no momento em que ela terminar o seu trabalho de te tornar mais puro (a). Ao passarmos pela noite negra da alma da confusão, podemos ampliar nossa consciência cósmica – o que somos de verdade – e a nossa percepção extra sensorial. Mergulhando no escuro somos obrigados a abrir o olho de Shiva, a terceira visão, e ressuscitar os nossos dons adormecidos. Afinal, é no ventre escuro da mãe Natureza que podemos nos recriar e virmos à luz de uma maneira totalmente renovada.

Joel Munhoz (Olói)

8 De Ouros – Qual É A Fonte Do Equilíbrio?

O 8 DE OUROS apareceu por aqui. Mazah, 8 DE OUROS!! Como está, amigo? – Vou bem, coisa e tal… E você? Mais ou menos, só um pouco desequilibrado hehe… Afinal, o 8 é o número do equilíbrio!! Equilíbrio dos mundos, diz a Cabala. Amigo 8 DE OUROS, diz aí: Qual é a fonte do equilíbrio? Opa, me surpreendi comigo mesmo ao fazer tal pergunta.! Brotou da barriga e não da cabeça. Pergunta foda! Dizem que o certo é fazer a pergunta certa. Não ansiar pela resposta, não esperar pela resposta, mas sim, fazer a pergunta correta.

8 de ouros - qual é a fonte do equilíbrio?

Você anda buscando por respostas? Anda por aí tentando resolver problemas? Pois saiba que a vida não se trata de um problema a ser resolvido. A vida é para ser degustada a cada passo no caminho. A vida é um profundo mistério que mexe com cada fibra do nosso ser. Não tente entender a vida, apenas viva o máximo que você puder, o seu mistério. O tantra arcano 8 DE OUROS nos disponibiliza este aprendizado a cada momento. O andar é sinuoso como a grafia do 8 e o deslocar-se da serpente. Para avançar ela se move para um lado e para o outro.

8 de ouros - qual é a fonte do equilíbrio?
Tantra arcano 8 de Ouros, a paciência, a perseverança no caminho. É melhor um passo certo do que mil passos incertos.

Este é o segredo do equilíbrio: andar para um lado e para o outro. Quem escolhe apenas um lado acaba se tornando radical e extremista. Se o equilibrista no arame pender só para um lado a sua queda é certa. O seu caminhar deve ser ora para um lado, ora para o outro. É tenso, na medida certa. Não pode haver tensão demais nem de menos. A sua consciência deve estar no aqui e agora, totalmente alerta. Qualquer descuido ou distração pode causar a sua queda. A mente deve estar junto ao corpo, não pode sair divagando por aí… E, se ela divagar, é só trazê-la de volta.

Qual é a fonte do equilíbrio? Ora, só pode ser o aqui e agora. A resposta surgiu de maneira clara. O equilíbrio não pode ser planejado, não pode ser uma estratégia. O equilíbrio só pode surgir do agora, do ventre da mãe Existência. Tem um tal de equilíbrio que é ensinado pelos bons costumes, pelas boas maneiras, pela moral social e religiosa, pelo politicamente correto, pela psicologia. Todavia, isto não é equilíbrio, é apenas condicionamento. Todo comportamento programado não passa de condicionamento e de prisão a uma determinada caixa do sistema.

8 de ouros - qual é a fonte do equilíbrio?

Você não pode treinar o equilíbrio diretamente, mas você pode treinar para ter equilíbrio. O treinamento para isto são as várias técnicas de meditação disponíveis no tantra que podem jogar você no seu centro vital. Somente quando você está centrado é que você pode estar em equilíbrio ou vivenciar o equilíbrio. O equilíbrio, portanto, é um subproduto do centramento. E, quando você está centrado, você está totalmente no aqui e agora… e vice versa. O 8 DE OUROS estimula a paciência, a perseverança, a construção do caminho, a atenção em cada passo… a valorização de cada transformação por menor que ela seja. E, aos poucos você vai descobrindo que o caminho e o destino são a mesma coisa.

O Arco É O Corpo A Corda É A Mente A Flecha É A Consciência

Tarô tântrico arco corda flecha arqueiro. O arco, a corda, a flecha… Olhe para o arco. Ele precisa de uma corda. Amarre uma corda no arco. Esticada na medida certa, nem mais nem menos… Pronto, aí está a dupla arco e corda, um utensílio, uma arma que possibilita o tiro da flecha. Cada um de nós é como um arco com uma corda esticada. Em algumas pessoas a corda está muito frouxa, em algumas outras pessoas a corda está esticada demais. A tensão da corda é necessária para a vida acontecer, porém, ela não pode ser exagerada. O estresse é bom na medida certa; demais é ruim, adoece e encurta a vida. A vida na sociedade contemporânea exige produção, resultados. As grandes corporações, as mega empresas, vêm as pessoas como números apenas; tanto os funcionários quanto os clientes. No final o que importa é o lucro.

Tarô tântrico arco corda flecha arqueiro em vez de mudar a mente transcenda-a

Tarô tântrico arco corda flecha arqueiro estresse é bom na medida certaNosso grande desafio é vivermos nessa sociedade consumista, capitalista ao extremo, sem nos deixarmos contaminar por ela. Se nos identificamos com ela, estamos perdidos. Precisamos modificá-la por dentro e, para isso, precisamos começar por nós mesmos. A nossa mente é um produto social. Modificar a mente? Não, essa é uma tarefa inglória. Quanto mais tentarmos mudar a mente, mais nos enredaremos nela. Poderemos mudar uma coisa aqui, outra coisa ali, mas estaremos sempre presos a ela, sempre identificados com ela, sempre acreditando que somos a mente. Não, você não é a sua mente. Então, para que perder tempo tentando torná-la melhor? Gaste o seu precioso tempo de uma forma melhor. Em vez de mudar a mente, transcenda-a, vá além dela.

Tarô tântrico arco corda flecha arqueiro meditar é olhar a mente de fora

Tarô tântrico arco corda flecha arqueiro estresse é bom na medida certaMas como fazer isso? Meditando… Meditar é olhar a mente de fora. Para isso existem inúmeras técnicas de meditação. A técnica é um ardil, um artifício que se usa para enganar a mente. A meditação propriamente dita é quando você já se encontra fora das garras da mente. Meu primeiro contato com a meditação foi através da Ordem Rosacruz – Amorc. Porém, a meditação evoluiu em mim quando conheci os ensinamentos do Osho. Descobri que a meditação não necessariamente deve acontecer sempre numa posição passiva de repouso. Ela pode – e deve – acontecer em todos os momentos da vida. Você pode estar trabalhando meditando; você pode estar fazendo sexo, fazendo amor, meditando… Técnicas de meditação dinâmica são excelentes para nos aliviarmos do lixo emocional acumulado todos os dias…

Tarô tântrico arco corda flecha arqueiro técnicas de meditação dos tantras arcanos do tarô

Tarô tântrico arco corda flecha arqueiro estresse é bom na medida certaPratiquei várias técnicas de meditação da coleção “O Livro Dos Segredos”, onde Osho comenta sobre as 112 técnicas de meditação contidas no “Vigyan Bhairav Tantra” de Shiva, de cerca de 5.000 anos atrás. Isso me inspirou a criar as minhas próprias técnicas de meditação resgatando-as da arca dos tantras arcanos do Tarô. Assim surgiu o Tarô Tântrico, e ele continua surgindo todos os dias, pois todos os dias descubro nele algo novo. Neste exato momento o tantra arcano 2 A Sacerdotisa está se apresentando para mim. É uma sensação muito mais do que uma imagem mental. Agora, após a sensação, a imagem mental se tornou forte. A Sacerdotisa acena para mim na clareira duma floresta. Me convida a entrar na selva. Ela vai na frente, a sigo uns passos atrás. Parece que ela carrega um archote na mão direita.

Tarô tântrico arco corda flecha arqueiro o saber sem ver é confiar

Tarô tântrico arco corda flecha arqueiro estresse é bom na medida certaBem, o archote está apagado. Vejo-a entrar e sumir na escuridão da floresta. A perdi de vista, mas mesmo assim tenho de entrar na mata fechada. Preciso confiar e correr o risco. A natureza me chama. Não vejo mais A Sacerdotisa, mas sei que ela está lá. Sei que ela está comigo. O saber sem ver é confiar. Adentro a mata escura e úmida. Me sinto dentro do útero da Grande Mãe (yoni). Não há mais perigo. Dentro do útero da Mãe Existência estou protegido e nutrido. Relaxo na meditação. Eu e a Mãe somos Um. Não sou mais uma entidade separada (ego), agora faço parte do seu organismo biológico e espiritual. Me deixo gestar no seu ventre. Sei que no momento mais adequado Ela me dará à luz. O archote, enfim, se acenderá.

Tarô tântrico arco corda flecha arqueiro você se torna um arco com a tensão exata

Tarô tântrico arco corda flecha arqueiro estresse é bom na medida certa
Texto escrito sob inspiração do tantra arcano 2 A Sacerdotisa na casa 9 (Sagitário).

Saio totalmente renovado da meditação. Quanto mais você aprofunda na meditação mais você se liberta da mente. E quanto mais você se distancia da mente mais você saberá usá-la. A mente é uma ótima serva, o mais complexo biocomputador do mundo animal, mas só pode usá-la, de verdade, quando você não está mais identificado com ela, quando você foi além dela. Agora você se torna um arco com a tensão exata, nem mais nem menos. O Grande Arqueiro (Divino) poderá, então, usá-lo (a) na realização da Grande Obra. Você é o arco, a corda e a flecha. O arco é o seu corpo, a corda é a sua mente, e a flecha é a sua consciência do cósmico (o seu eu verdadeiro) se expandindo rumo ao infinito.

Se você gostou de tarô tântrico arco corda flecha arqueiro, curte aí, dá um like, comenta, compartilha nas redes sociais… Estará ajudando o blog a crescer. Muito grato!

Joel Munhoz Tarô Tântrico

(Elóy)