Como Usar O Desejo Sexual Para Meditar

Olá, galera do tarô tântrico! A quantas anda o teu desejo sexual em relação à meditação? Te atrapalha muito para meditar? Lembrando que meditar não é só sentar em posição de lótus e ficar entoando mantras ou ser guiado por algum aplicativo mestre em meditação… Aliás, estes exemplos que acabei de citar não têm muito a ver com meditação. Meditação é estado de presença no aqui e agora. Sempre que isso acontece, é meditação. Assim, podemos meditar a qualquer momento do dia, em quaisquer atividades, desde as mais prazerosas até as mais dolorosas. Podemos meditar na dor, na doença, e podemos meditar no amor e na foda. Nosso maior vício é pensar. Segundo os pesquisadores, a maioria dos nossos pensamentos é sobre sexo. Daí se conclui a força da energia sexual.

Como usar o desejo sexual para meditar
Não há nada mais espiritual do que o sexual. Todas as formas de prazer são válidas desde que se tome os devidos cuidados, que seja consensual, e que se tenha a consciência do poder e da sacralidade do ato. O que torna algo puro ou impuro é a nossa maneira de olhar.

Sim, a energia sexual é poderosíssima, acho que todos que lerem este modesto texto irão concordar. Sendo tão poderosa assim, os controladores do mundo deram um jeito de demonizar o prazer sexual, através dos seus santos e das religiões organizadas. Como ainda é uma energia reprimida na maioria das pessoas – mesmo em muitas que acham que não são reprimidas – acaba gerando pensamentos e sentimentos sobre… Tudo o que é reprimido se torna mais forte. Para nos mantermos presentes no aqui e agora, precisamos observar os pensamentos e sentimentos. Um pensamento sexual leva a um sentimento sexual. Como proceder para não se deixar dominar por ele? Tudo é uma questão de equilíbrio e cada um tem o seu. Dá uma espiada no vídeo abaixo que tem umas dicas bem legais.

Se gostares do vídeo deixa o teu like porque ele é precioso para o nosso canal ser divulgado pelo youtube. Aproveita e já se inscreve (no youtube) se não estás inscrito (a). Valeu, queridos!

Massagem É Tudo De Bom

Quem não gosta duma boa massagem, bom sujeito não é. Ah, não pode ser. Ser tocado com técnica, carinho, sensibilidade, atenção e consciência, todo mundo merece. Até os maus, os boca braba? Com certeza que sim, talvez deixassem de ser perversos e um pouco de bondade entrasse nos seus corações. O toque, o contato físico, é fundamental para a nossa saúde. Os animais desfrutam disso a todo momento. Não tem tranqueira com eles, pega daqui, pega dali, correm, lutam, rolam no chão… Precisamos aprender com eles a sermos mais humanos. Sim, porque o toque reprimido se torna sexualizado. Ou é o contrário? Acho que sexualizaram o contato físico primeiro, por isso se tornou reprimido ou proibido. Isso é responsabilidade das religiões organizadas, da cultura ocidental na sua maioria de origem judaico cristã.

Massagem é tudo de bom

Acontece que quanto mais se reprime o contato físico entre as pessoas, mais sexualizado ele se torna. Observamos, hoje em dia, pela internet afora, uma hiper sexualização das crianças. Isso se deve ao fato da repressão sexual dos adultos. Assim, essa energia reprimida nos adultos, está sendo transferida para as crianças. Toda energia natural reprimida encontra, mais cedo ou mais tarde, uma abertura para se expressar e essa abertura sempre é algo que não é natural; assim a energia se torna pervertida. Todas as perversões surgem de repressões. A criança ainda não tem hormônios sexuais amadurecidos para vivenciar essa sexualidade que estão impondo a ela. Esta criança, quando adulta, será mais um adulto com disfunções sexuais, psicológicas e emocionais a compor esta nossa sociedade hipócrita e doente. Será mais um adulto sofredor consumidor de remédios a engordar ainda mais a conta bancária das mega farmacêuticas internacionais.

Massagem é tudo de bom

A massagem tarotântrica é uma ótima ferramenta terapêutica e de autoconhecimento para libertar pessoas adultas da repressão sexual. Antigamente a repressão sexual era mais visível. Agora ela se esconde sob uma fachada de muita liberdade sexual. Na massagem tarotântrica podemos canalizar a poderosa energia sexual para os seus canais naturais ao longo dos corpos físico, mental, emocional e espiritual. Isso se faz com muita técnica, mas principalmente com sensibilidade, consciência, empatia e compaixão. Afinal, se a técnica não estiver a serviço da alma, se torna um instrumento frio contrário à humanidade e divindade do ser humano. Durante a massagem tarotântrica dá-se permissão à expressão da energia sexual para, logo em seguida, trazer à consciência do (a) cliente o potencial criativo de transformação presente nesta energia vital.

Massagem é tudo de bom

Cada cliente é único (a). Portanto, cada atendimento também é único. Cada cliente traz uma bagagem inconsciente de traumas e recalques. Infelizmente muitas pessoas sofrem abusos sexuais na infância e adolescência – e vidas passadas, principalmente as mulheres. Há que se ter cuidado para não se agravar esses traumas, e sim dissolver ou transmutar a sua energia negativa. O histórico da violência sexual fica registrado na couraça muscular e na memória celular. Antes do atendimento eu faço uma consulta com o tarô com as suas cartas distribuídas na mandala astrocabalística tarotântrica. Este jogo mostra as áreas do corpo que precisam ser mais trabalhadas com as energias ou inteligências correspondentes: física, mental, emocional e espiritual. Desta forma o (a) cliente é reconectado e harmonizado com as energias astrais, planetárias, estelares e cósmicas. Afinal, somente sentimos bem-estar e somos felizes quando o microcosmos que somos se encontra em harmonia com o macrocosmos.