A Mente É Especialista Em Transformar Desafios Em Problemas

O 5 de Ouros quer falar. Deixai-o falar! Ele está visitando a casa 7 (Libra). É um (a) cara que está em dificuldades, muitas dificuldades materiais… financeiras, de saúde… Tenta sair delas de tudo que é jeito, mas quanto mais tenta mais enredado (a) fica. É mole? Claro que não… O que fazer ou não fazer nesta situação? Vejamos! Casa 7 é preocupação com os outros. Dívidas com os outros? Também. Um grande aprendizado. Diz o mestre que a solução do problema se encontra no próprio problema. Entre fundo no problema, pare de fugir dele! Não tente tapar o sol com a peneira. Não fique tentando esconder o problema. Quanto mais você esconde o problema mais você se preocupa com quem possa descobri-lo em um momento de descuido.

A mente é especialista em transformar desafios em problemas
Tantra arcano 5 de ouros

Não precisa também sair apregoando aos quatro cantos que você tem um problema ou vários deles. Apenas esteja disposto (a) a repartir os seus problemas com quem você sente que pode fazê-lo. Exercite mais o despojamento, o desapego, a espontaneidade… De repente você está com uma pessoa, a situação se apresenta, e você pode se expor, ou expor o seu problema. Quem sabe a outra pessoa também esteja passando ou já passou por um problema semelhante!!! Ela poderá lhe dar um conselho, lhe oferecer ajuda, ou simplesmente lhe ouvir, o que já será uma grande coisa. Você se sentirá mais aliviado (a) do peso, e poderá ter novas ideias.

A mente é especialista em transformar desafios em problemas
Casa 7, preocupação com os outros, inimigos declarados, cooperação, parcerias, casamento, contratos.

Uma coisa muito importante: não se compare aos outros. A comparação é a raíz de muitos males. Não compare os seus problemas com os problemas dos outros, aí você estará arrumando mais um problema. Cada pessoa é única e tem um carma individual. Uma pessoa tem mais rosas, outra tem mais espinhos, mas enfim, cada uma está de braços dados com uma cruz. Uma pessoa “feliz” e “alto astral” muitas vezes está passando por problemas terríveis. Não veja os outros apenas pelo que aparentam. Tente ver além das máscaras. Quanto mais fundo olhamos para alguém mais percebemos que aquela pessoa “poderosa”, aos nossos olhos, não é tão poderosa assim. Enfim, todos nós temos problemas, uns numa área, outros noutra, mas o fato é que todos precisamos aprender a sermos felizes apesar dos problemas.

E, finalmente, se você for a fundo no problema – se for fundo mesmo – você verá que não existem problemas. Existem apenas desafios que a Vida coloca no nosso colo de tempos em tempos. Podemos aceitá-los ou não. Se aceitamos, fluímos com a energia do desafio e ele nos levará, como uma onda, a descobrirmos novos mares e novos ares. Porém, se não aceitamos, se reclamamos, tipo: isso não deveria acontecer comigo, não mereço, sou uma pessoa tão boa! Se não aceitamos, se lutamos contra, estamos transformando o desafio num problema. A nossa mente/ego é especialista em transformar desafios em problemas. Lutar para resolver um problema dá um ar de respeitabilidade e importância ao ego.

A mente é especialista em transformar desafios em problemas
Relaxando, aceitando, fluindo e despertando as potencialidades latentes.

Você até pode reclamar e vociferar perante um “problema”. Afinal, é mais honesto e saudável expressar um sentimento de revolta ou raiva do que reprimi-lo. Que merda! Puta que pariu! São expressões corriqueiras e automáticas. Após isso, porém, respire fundo, feche os olhos e vá fundo dentro de você mesmo, sem se julgar, sem se condenar, sem querer também se dominar. Apenas sinta e observe toda a sua energia, seja ela de raiva, de revolta, de impotência. Apenas sinta e observe a si mesmo em toda a sua complexidade. Você perceberá que junto com os sentimentos negativos se encontram também os positivos; um não está separado do outro. Junto à raiva se encontra a agressividade que te impulsiona a novas descobertas. Junto à revolta se encontra a justiça para se fazer a coisa correta. E junto à impotência se encontra a entrega do ego à vontade superior e divina. Quando temos disso consciência uma profunda gratidão brota do nosso coração e, com isso, uma energia renovada plena de novas possibilidades.

Joel Munhoz Tarô Tântrico

(Elóy)

Sexo Tântrico, Você Sabe O Que É?

 

Sexo tântrico? Você sabe o que é? Já ouviu falar? Já leu a respeito? Existem muitos artigos sobre o tema na internet. Acho que também posso dar o meu pitaco baseado na minha experiência pessoal e nos meus atendimentos com massagem tarotântrica. Bueno, vamos começar pela ideia de sexo sagrado. Sim, o sexo é profano e sagrado e, no fundo, o profano também é sagrado. O problema surge com a noção que as pessoas têm do sagrado ou do que significa esta palavra. Para a Igreja o sagrado está separado do profano, o divino está separado do pecador. Assim, sem querer, já que o nosso inconsciente está repleto de dogmas religiosos, acabamos também por separar o sexo tântrico do sexo comum, ordinário.

Sexo tântrico, você sabe o que é?A exclusão é não tântrica, a inclusão é tântrica. A separação é o pecado. Podemos realizar grandes rituais seguindo orientações de gurus, praticando regras e mais regras, por exemplo: ter só um (a) parceiro (a) para o sexo, para o amor… O sexo tântrico somente pode acontecer entre um homem e uma mulher… homo e outras variações, orientações, identidades de gênero, estão fora…  sexo anal também não pode… ou tem que ser somente numa posição tal… e outras tantas regras que se vê por aí… Ora, a princípio, o tantra é contra as regras e a favor da espontaneidade. É claro que, por termos nos desviado tanto do natural, precisamos aprender novamente o que é natural. Daí, alguns exercícios, meditações, são necessários para recuperarmos a naturalidade do sexo. Porém, no momento em que o exercício cumpriu o seu papel, descarte-se dele. Ou… se uma técnica de meditação não surte efeito, que parta-se para outra…

Sexo tântrico, você sabe o que é?Assim, o tantra começa pelo começo, sempre. Você deve, então, começar de onde você está. As pessoas têm situações de vida diferentes, idades diferentes, orientações sexuais diferentes – mesmo os hetero são diferentes nas suas necessidades e desejos. Uns têm mais poder aquisitivo, outros têm menos. Estudos mostram que as relações monogâmicas acontecem mais entre as pessoas pobres. Os ricos têm mais condições de serem poligâmicos, ao menos poligâmicos sequenciais. Uns têm parceiros fixos, outros não… uns são casados… outros separados… outros solteiros… outros tico tico no fubá… E, independente disso tudo, cada qual carrega os seus traumas e karmas com relação ao outro, aos relacionamentos em geral.

Sexo tântrico, você sabe o que é?Não é mole, né… O sexo que praticamos é muito mais mental do que corporal, biológico ou espiritual. Há um montão de fantasias e fetiches na mente humana. Então, se começa por aí… Muitos não têm condições de colocar em prática as suas fantasias e fetiches… Vamos colocar isso pra fora… Num espaço terapêutico isso pode ser feito com segurança, com a orientação do (a) terapeuta. Ao mesmo tempo em que se coloca o lixo sexual pra fora, vamos trazendo a consciência para espaços mais saudáveis de sexualidade… O foco da energia sexual normalmente está localizado somente nos genitais. E na cabeça, pois a mente está cheia de fantasias e desejos…

Sexo tântrico, você sabe o que é?Vamos mergulhando no profano para resgatar o sagrado, para trazer mais consciência ao sexo. Sexo tântrico é para dissolver a repressão, não para reprimir mais ainda. E cada pessoa deve descobrir a sua própria forma, o seu próprio equilíbrio. Tantra não tem fórmulas prontas para todos.  O mais importante é a consciência. O estado de alerta se expandindo cada vez mais… As formas como você se relaciona não importam… se sozinho (a) com você mesmo (a), se com o (a) parceiro (a) ou parceiros (as), o que importa é o quanto de consciência você está colocando no ato sexual. É bom lembrar que não estou incentivando aqui nenhuma ação sexual que viole os direitos de outrem ou que seja crime. Faça tudo o que você deseja desde que seja de maneira consensual com o outro, entre pessoas adultas maiores de idade, dentro da lei.

Sexo tântrico, você sabe o que é?Tantra é autenticidade. Na real, na real mesmo, somente pessoas iluminadas podem praticar o sexo tântrico na sua inteireza. Nós, que ainda estamos no caminho, somos apenas aprendizes do sexo tântrico.  E isto já é uma grande coisa, quando despertamos para este sublime aprendizado. Assim, não force uma atitude iluminada que você ainda não alcançou. A emenda será pior do que o soneto porque você estará sendo falso consigo mesmo e com o (a) parceiro (a). É muito mais tântrico praticar uma fantasia ou um fetiche (profano) com autenticidade e consciência do que ter práticas “sagradas” que ainda não passam de teorias e ideais contidos na sua cabeça.

Joel Munhoz Tarô Tântrico

(Elóy)

Setenta Por Cento Dos Nossos Pensamentos São De Origem Sexual

Saiu aqui o 8 de Copas na casa 4 (Câncer). Naipe de Copas é água. Casa 4 também é uma casa de água. Então é água por tudo que é lado hoje. Vamos nadar e mergulhar, só temos que ter cuidado para não nos afogarmos. Água é sentimento e emoção. O 8 é um número que representa equilíbrio, interação entre mundos ou equilíbrio entre os mais diversos mundos. É o tantra arcano 8 A Justiça. Assim, o 8 de Copas é A Justiça no nível ou naipe de Copas. Casa 4 são as coisas antigas, o passado, a ancestralidade, a família – pai e mãe. É as profundezas do ser, o teu lar espiritual. Também pode representar morte física e espiritual. É o afeto fluindo direto da fonte, por isso é a sensitividade e também dotes artísticos, a capacidade criativa fluindo…

Setenta por cento dos nossos pensamentos são de origem sexualComo você se sente agora? Está ruim? Está bom? Está pra baixo ou está fluindo alegre na superfície? Se você está pra baixo, se as coisas vão mal, seja em que área for da sua vida, já está mais do que na hora de começar a enfrentar os seus monstros interiores. Toda a nossa realidade exterior flui da nossa realidade interior. Mergulhe o mais profundo que você puder nos seus sentimentos negativos. Eles estão se apresentando para você para que você os conheça de perto. O autoconhecimento implica em que nos conheçamos em todos os níveis e dimensões de consciência. Mas tem um nível de consciência se apresentando mais forte aqui. É o nível considerado o mais denso: o nível sexual. Nosso corpo físico é constituído de aproximadamente 70% de água. Da mesma forma, cerca de 70% dos nossos pensamentos são de origem sexual.

Setenta por cento dos nossos pensamentos são de origem sexualA água é densa. A energia sexual é densa. Se não bebemos água pura, leve e alcalina na medida certa para o nosso organismo, ficaremos doentes. Muitas doenças acontecem porque o corpo se encontra desidratado. Da mesma forma precisamos dar atenção às nossas necessidades sexuais. Cada pessoa é única e deve procurar o seu próprio equilíbrio. Uns precisam de maior frequência de relações sexuais, outros um pouco menos… Biologicamente há 3 sexos: masculino, feminino e intersexual. Psicologicamente há tantos sexos ou identidades de gênero quanto há pessoas no mundo. Acho que a sigla LGBT+ pode abranger todos os gêneros existentes e imagináveis. Não fique preocupado (a) em se definir ou se rotular sexualmente. Circule pelas tribos que lhe despertam a atenção ou o desejo. Seja uma metamorfose ambulante. Lembre-se que por fora, externamente a nível de ego/personalidade, a mudança é constante, mas a nível interno a tua consciência espiritual é imutável.

Setenta por cento dos nossos pensamentos são de origem sexualQue as tuas mutações exteriores possam te levar a um mergulho cada vez mais fundo em você mesmo. Só assim está valendo, senão não passa de pura perda de tempo. Quando não bebemos água suficiente para hidratar as nossas células adoecemos fisicamente. Da mesma forma quando não movimentamos as águas paradas da sexualidade doente com as águas correntes do sexo saudável adoecemos psicologicamente; e isto pode somatizar em doenças físicas. Ademais pode impedir o nosso crescimento espiritual, a evolução da nossa consciência. A energia vital precisa circular em todos os níveis de consciência. Quando isto não acontece ficamos presos a pensamentos e desejos que sugam a nossa energia impedindo que nos elevemos a patamares mais elevados de consciência. Lembremos do que disse o mestre Jesus: “dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.”Setenta por cento dos nossos pensamentos são de origem sexual

Joel Munhoz Tarô Tântrico

(Elóy)

O Caminho Do Louco Tântrico Encerra Em Si Todos Os Paradoxos

Tarô tântrico caminho do Louco. O Louco? É… O Tarô Tântrico é o caminho do Louco. Você já começa vivenciando O Louco. O Louco se encontra no início, no meio e no fim. Você não tem uma meta no Tarô Tântrico. O caminho é a meta, o aqui e agora é a meta. Falei no vídeo anterior que O Louco é a consciência cósmica presente em todos os 77 tantras arcanos. Assim, qualquer arcano que você tirar, o arcano 0 O Louco estará lá olhando para você através da máscara de um ou de outro personagem.

Tarô tântrico caminho do Louco todos os paradoxos

Osho diz que precisamos ficar loucos de vez em quando para não enlouquecermos de verdade. O Louco encerra em si todos os paradoxos. Ele subverte a ordem estabelecida, não porque ele prefere a desordem. Acontece que essa ordem que a sociedade criou e cria é uma ordem falsa. É uma ordem que vai contra a ordem natural. A sociedade, a cultura, estão sempre contra o fluxo da natureza. Basta ver o caos em que está se tornando o planeta. Produzimos tecnologia, mas somos ineficientes para produzirmos consciência.

Tarô tântrico caminho do Louco bobo da corte que faz troça

O caminho do Louco tântrico encerra em si todos os paradoxosProduzimos miséria, pobreza, injustiça social e lixo, muito lixo. Isso é ordem? Não, em absoluto. O Louco está aqui para nos lembrar da nossa loucura em nos acharmos superiores à natureza. Esquecemos, no nosso orgulho, que também somos parte da natureza. O Louco ri da loucura dos homens. Ele faz troça. É o bobo da corte que expõe os ridículos do rei. O rei é o ego com todos os seus artifícios e artimanhas. O ego só é rei porque a consciência está dormindo. Aliás, a consciência nunca dorme, ela apenas está sufocada por toneladas de lixo produzido pela civilização que se distancia cada vez mais do divino e do natural.

Tarô tântrico caminho do Louco desvencilhando de tudo o que é excesso

Recordemos que somos muito mais SER do que ter ou fazer. A auto recordação de que somos divinos é fundamental. Mas, para isso, é necessário já irmos nos desvencilhando de tudo o que é excesso nas nossas vidas. Observe a bagagem do Louco. É ínfima, apenas uma trouxa onde vão os seus pertences mínimos de que ele necessita para empreender a sua viagem, a sua aventura, pelo plano terrestre. O Louco é um minimalista. O que interessa a ele é o divertimento da viagem e não o acúmulo de bens ao longo da viagem. Os afetos, as trocas emocionais e afetivas são muito mais importantes do que os julgamentos e a ansiedade competitiva para ser melhor do que os outros.

Tarô tântrico caminho do Louco aprender a desaprender

O caminho do Louco tântrico encerra em si todos os paradoxosO Louco é você na sua mais pura essência. Precisamos aprender a desaprender para reencontrá-lo no mais íntimo do nosso SER. Desaprender tudo o que a sociedade nos empurrou goela abaixo, e assimilamos como verdade. É necessário nos tornarmos como crianças novamente, nas palavras do mestre Jesus. Olhar para o mundo com olhos inocentes, com olhos puros. Uma boa técnica de meditação é começar por libertar o olhar de todas as imagens ilusórias induzidas pela cultura desumana e contrária ao natural e ao divino.

Tarô tântrico caminho do Louco técnica de meditação

Uma das 112 técnicas de meditação do Vigyan Bhairav Tantra, de Shiva (O Livro dos Segredos, comentado por Osho), consiste na prática do olhar do Louco. O olhar, a visão, é um sentido yang, masculino, agressivo. Você não pode olhar mais do que alguns segundos para um estranho. Se isso acontece a pessoa já se sente incomodada, invadida. Olhando como um louco o seu olhar se torna feminino. E é necessário uma energia feminina para que o Divino venha até você. Esta técnica de meditação possibilita que você limpe o seu olhar do filtro da mente condicionada por uma ampla gama de conceitos e preconceitos.

Tarô tântrico caminho do Louco olhos condicionados pela sociedade

O caminho do Louco tântrico encerra em si todos os paradoxosVocê passará a projetar menos e cada vez mais verá a vida como ela é. Sim, porque os seus olhos estão condicionados pela sociedade. Assim, você olha para as coisas, para as pessoas, para a vida, projetando o mundo que você carrega na sua cabeça, na sua mente. Você, então, vê o mundo que você quer ver, e não o mundo que é de verdade. Com a técnica da meditação do Louco você poderá limpar o seu olhar, a sua visão do mundo, da vida… Assim, olhe para os objetos,  as plantas, os animais, as pessoas… com o olhar desfocado, olhando sem olhar diretamente. Olhe ao longe, com olhar vazio… Olhe também para dentro de você mesmo com esse olhar vazio. Olhe para os seus pensamentos e sentimentos com um olhar interior que não se detém neles, mas que os atravessa por completo.

Tarô tântrico caminho do Louco olhar vazio de julgamentos

Antes de dormir, à noite, olhe para os acontecimentos e pessoas que fizeram parte do seu dia, seja de forma positiva ou negativa, também com um olhar de louco, vazio de julgamentos e interpretações. Você poderá praticar esta técnica em qualquer momento, em qualquer lugar. Procure lembrar ao longo do dia. Sempre que você lembrar pratique o olhar do Louco.  Quanto mais praticar, mais o seu olhar se tornará fluido, líquido… O seu terceiro olho (chakra ajna) estará se abrindo, pois esta técnica de olhar estimula a abertura do terceiro olho.

Tarô tântrico caminho do Louco a técnica não é a meditação

O caminho do Louco tântrico encerra em si todos os paradoxosLembre-se: a técnica não é a meditação propriamente dita. A técnica é uma ferramenta, um artifício para se enganar a mente. A meditação é o estado de bem-aventurança que se encontra além da mente. Toda técnica de meditação busca, é claro, o estado de meditação; busca o libertar-se da mente. É um estímulo para que isto aconteça. Porém, aqui está o paradoxo: não faça da técnica uma busca, um esforço ansioso. Apenas brinque com a técnica, sem nenhum objetivo. O objetivo se encontra no futuro e acaba frustrando a meditação. Aqui está O Louco para lembrar: A vida é uma brincadeira. A técnica de meditação também é uma brincadeira. Só assim o relaxamento e a meditação serão possíveis. Não trate a meditação como uma coisa muito séria. Se você não puder brincar com a técnica, então é melhor nem fazê-la.

Joel Munhoz Tarô Tântrico

(Elóy)

Quanto Mais Sentimental Uma Pessoa Mais Prisioneira Do Ego

Tarô tântrico emoções e sentimentos. Uma vez assisti num programa de TV um cidadão – me parece que era professor de filosofia – explicando tim tim por tim tim como aconteciam os sentimentos no cérebro, ou melhor, as partes do cérebro responsáveis pelos sentimentos e emoções, e todas as suas reações bioquímicas… Era uma explicação muito inteligente. Ele afirmava que os sentimentos podem ser explicados e entendidos racionalmente. Sim, os sentimentos e emoções podem ser explicados racionalmente, como este cidadão tão bem explicou. Porém, fiquei me perguntando: será que ele, que explica tão bem os sentimentos e emoções, consegue também vivenciar tão bem os mesmos? Sim, porque da explicação à vivência já são outros quinhentos.

Tarô tântrico emoções e sentimentos diferenças corpo e mente

Tarô tântrico emoções e sentimentos o tantra nos ensina a ir alémQuais são as diferenças entre emoções e sentimentos? No meu parecer, emoções dizem mais respeito ao corpo, e sentimentos dizem mais respeito à mente. As emoções são despertadas pelos estímulos externos do ambiente. Alguém lhe ameaça e isso pode despertar as emoções do medo e da raiva. É imediato. Você poderá discutir, proferir ofensas, lutar, fugir ou ficar quieto. A sua reação à emoção é o que se denomina sentimento. A sua cultura, a sua educação, a sua religião, a sua moral, os seus traumas, os seus recalques, enfim, toda a memória psicológica que se situa no seu inconsciente é que vai dar o tom da sua reação à emoção. Assim, as emoções são mais instintivas e os sentimentos são mais programados.

Tarô tântrico emoções e sentimentos racionalizados

Tarô tântrico emoções e sentimentos o tantra nos ensina a ir alémPorém, podemos ir mais adiante na compreensão dos sentimentos e emoções. Eles acontecem em duas regiões do corpo: no coração e na cabeça. O coração, segundo pesquisadores, possui cerca de 40.000 neurônios. Ele é o centro da inteligência emocional e dos sentimentos puros que aqui se confundem com emoções. Por puros quero dizer que não foram contaminados pela mente. Não foram racionalizados ou interpretados segundo o programa mental que cada um carrega (ego). Aliás, programa mental que a pessoa confunde ser ela mesma, que julga ser a sua verdadeira identidade. A raiva brota do coração. Ao ser interpretada ou racionalizada pela mente se transforma em ódio. Observe uma criança com raiva. A raiva nela é pura. A criança ainda é só coração, o seu ego ainda não foi desenvolvido. A raiva, nela, não se transforma em ódio porque não é racionalizada. Assim como veio, logo a raiva passa, e a criança já está sorrindo e brincando novamente.

Tarô tântrico emoções e sentimentos tesão natural e tesão mental

Tarô tântrico emoções e sentimentos o tantra nos ensina a ir alémE com o desejo sexual, como acontece? De repente você fica com um tesão danado por alguém. Bem, há um tesão que é próprio do corpo, do instinto, da biologia, e do coração (emoção); bem como há um tesão que é próprio da mente, do condicionamento social, das fantasias, dos desejos (sentimento). Se você é uma pessoa mais espontânea, o tesão natural, biológico (emoção) falará mais alto. Se você é uma pessoa mais condicionada, mais controlada, o tesão mental (sentimento) falará mais alto. O tesão biológico, natural, acontece e passa. Se a outra pessoa corresponde, tudo bem, a relação rola numa boa. Mas se a pessoa não corresponde, tudo bem também. O tesão, assim como veio, passa. É como o exemplo anterior da criança com raiva. A raiva passa logo sem se transformar em ódio.

Tarô tântrico emoções e sentimentos desejo obcecado pelo outro

Tarô tântrico emoções e sentimentos o tantra nos ensina a ir alémNo caso do tesão mental é diferente. Se a outra pessoa objeto do desejo corresponde, os dois parceiros se tornam viciados um no outro, super dependentes um do outro para obterem prazer… Até que o poço do desejo seca e os dois se vêm maltrapilhos, esfarrapados e miseráveis um perante o outro. Se a pessoa objeto do desejo não corresponde, o sujeito pode se frustrar muito, se desapontar, se sentir diminuído na sua autoestima, se sentir menos homem, menos mulher… Ou pode se tornar cada vez mais obcecado pelo outro (objeto do seu desejo), e fazer de tudo para conquistar a pessoa desejada. Poderá, inclusive, lançar mão de métodos patológicos e violentos para conseguir o seu intento.

Tarô tântrico emoções e sentimentos não somos nem corpo nem mente

Tarô tântrico emoções e sentimentos o tantra nos ensina a ir alémEmoção, portanto, é algo natural, faz parte da vida, da biologia e do centro do coração. Sentimento é algo mental, programado, é a educação que nos foi dada para reagirmos às mais diferentes emoções. E quando o sentimento se torna muito racionalizado – muito ruminado pela mente – ele vira sentimentalismo, que é uma hiper valorização dos sentimentos, sejam eles bons ou ruins… Quanto mais sentimental é uma pessoa mais prisioneira ela é do seu ego. O tantra nos ensina a ir além. Ir além do corpo e ir além da mente. Afinal, como consciência divina que somos, temos um corpo e uma mente, mas não somos nem o corpo nem a mente. No entanto, nem por isso lutamos contra a mente e contra o corpo, nem reprimimos o corpo nem a mente. Apenas cuidamos deles para que permaneçam em boas condições a fim de serem um veículo apropriado à nossa consciência espiritual, à nossa alma.

Tarô tântrico emoções e sentimentos uma pausa na mente

Tarô tântrico emoções e sentimentos o tantra nos ensina a ir alémO tantra arcano que serve de inspiração ao presente texto é o 4 de Espadas. Esta carta saiu na mandala astro cabalística tarotântrica na casa 6 (energia de Virgem). 4 de Espadas é uma carta do Imperador (arcano 4) no naipe de Espadas (ar, intelecto, mente, pensamentos). É o desejo do ego de manter as coisas como estão. Mas, por outro lado, num sentido mais positivo e libertador, o 4 de Espadas é um “para-ti quieto”, uma pausa na mente que não para de pensar, de elucubrar, de analisar, de julgar, de interpretar… Chega! Basta! Desliga a mente da tomada! Ah, como é bom ficar vazio de pensamentos engendrados pelas emoções e pelos sentimentos. A casa 6 diz respeito – entre outras coisas – à rotina diária, aos trabalhos domésticos, aos serviços mais simples, à saúde física…

Tarô tântrico emoções e sentimentos viva o sonho da forma mais acordada

Tarô tântrico emoções e sentimentos o tantra nos ensina a ir alémAssim, fica leve novamente, muda a rotina da repetição de comportamento! Como? Nada de esforço… O esforço para mudar apenas reforça o ego. O que impede que você mude ou seja transformado é justamente a vontade de mudar. Abandone todo o esforço de mudar e relaxe no momento presente. Não perca mais tempo tentando mudar a mente/ego (personalidade). O ego é assim mesmo, a sua natureza é a doença. Deixe-o de lado. Pare de focar a atenção nele o tempo todo. Pare de lhe dar combustível. Apenas mantenha-se atento (a) recordando o mais que puder que você não é a mente nem o corpo. Você é pura consciência cósmica divina que se manifesta no plano terreno como corpo/mente. Apenas isso. O corpo/mente é apenas a manifestação física da sua essência divina que é o seu verdadeiro ser. Aceite o seu corpo, aceite a sua mente, aceite os seus defeitos e as suas qualidades. Viva o sonho, viva a ilusão (maya), mas da forma mais acordada possível, com uma grande consciência presente.

Joel Munhoz Tarô Tântrico

(Elóy)

 

Substitua O Autojulgamento Pela Auto Observação Da Energia Sexual

Tarô tântrico observando energia sexual. Convido você para expandir comigo o tema do post anterior. Observar o próprio corpo, lembra? E com ele todas as suas sensações físicas, sejam elas de dor ou de prazer; ou simplesmente sensações… Nosso corpo não é somente físico. Ele abriga uma multidiversidade de energias, de dimensões, de universos… Mas, o que podemos ver com a nossa consciência objetiva dependente dos 5 sentidos físicos, é o corpo físico, material. À medida que vamos observando o corpo físico com mais atenção, mais consciência, mais presença, a nossa sensibilidade e sensitividade vão se ampliando e podemos, sim, perceber outras dimensões, outras realidades mais profundas, outros universos coexistindo dentro de nós mesmos. O nosso corpo físico, na realidade, é apenas a ponta do iceberg. Adentrando essa ponta ou essa porta podemos desbravar realidades desconhecidas. Você quer maior aventura do que essa?

Tarô tântrico observando energia sexual cada célula carrega a vibração sexual

Tarô tântrico observando energia sexual sexo natural e sexualidade juntosO sexo vibra em cada célula do nosso corpo. Cada célula, seja de que tipo for, é um desdobramento da célula ovo (zigoto) formada pela união do gameta feminino (óvulo) com o gameta masculino (espermatozóide). Assim, cada célula do nosso corpo carrega a vibração sexual original da célula ovo. Sob a influência das regras morais, religiosas, culturais, sociais, a vibração sexual pura, vital, de todas as células, vai sendo empurrada para os genitais, o ânus, o períneo, enfim, toda essa região mais íntima do corpo humano. Isso gera desequilíbrio em todo o nosso organismo, principalmente na produção hormonal. A maior parte do corpo, a grande maioria das células, fica com baixa energia vital ao passo que as células da região pélvica ficam super vitalizadas. Tanto energia demais quanto energia de menos geram desequilíbrio, geram desarmonia, geram doenças.

Tarô tântrico observando energia sexual diversos tipos de sexualidade

Tarô tântrico observando energia sexual sexo natural e sexualidade juntosVivemos numa sociedade doente porque o sexo foi reprimido, foi envenenado. No lugar do sexo, foi inventada a sexualidade. O sexo é biológico e espiritual. A sexualidade é mental. Há diversos tipos de sexualidade quantas são as mentes que existem, assim como cada sociedade tem o seu modelo cultural de sexualidade. As sociedades matriarcais davam mais liberdade ao sexo biológico, natural, espiritual. As sociedades patriarcais em esmagadora maioria no mundo sufocaram o sexo natural e inventaram a sexualidade como uma forma de poder de uns sobre os outros. As mais diversas perversões surgem quando sufocamos o sexo natural. Porém, não precisamos ficar sujeitos a esse padrão cultural, social, religioso, patriarcal. Podemos, gradativamente, nos libertar de tudo isso.

Tarô tântrico observando energia sexual tudo junto no mesmo caldeirão

Tarô tântrico observando energia sexual sexo natural e sexualidade juntosLiberte-se! Faça da sua libertação sexual um caminho espiritual. Lembremos que energia sexual e energia espiritual é a mesma coisa. Observe a sua sexualidade e o seu sexo natural. Por favor, substitua o autojulgamento pela auto observação. Julgar e analisar a si próprio só aumenta a culpa, a pressão, a ansiedade e, dessa forma, a prisão ao ego. Observar-se de uma forma imparcial é o grande lance. Como eu havia escrito anteriormente, observe a sua sexualidade e o seu sexo natural. A princípio fica difícil separar os dois. Observe, então, o sexo de uma forma geral, como ele vibra em você. Deixe que fiquem juntos no mesmo caldeirão. Somente quando a observação (consciência) for se ampliando é que você, em algum momento, poderá se dar conta: opa, o que estou sentindo é natural ou… o que estou sentindo é fantasia

Tarô tântrico observando energia sexual 7 bilhões de gêneros diferentes

Tarô tântrico observando energia sexual sexo natural e sexualidade juntosPara se observar de verdade você precisa aceitar tudo o que você é, e isso inclui o sexo. E, já que estamos nos referindo – aqui – somente à energia sexual, você precisa aceitar-se totalmente no que se refere ao sexo. O que você sente em relação ao sexo, seja você mulher ou homem, de qualquer orientação sexual, é a carga que você traz do passado. Aceite a carga. No momento em que aceitamos a carga (karma) ela se torna mais leve. Para começar não existem duas pessoas iguais nos seus desejos, fantasias e necessidades sexuais. Cada pessoa é única. Somos cerca de 7 bilhões de pessoas no planeta. Isso quer dizer que existem 7 bilhões de gêneros sexuais diferentes. Biologicamente os gêneros são apenas dois (ou três se incluirmos também os intersexuais): masculino e feminino; macho e fêmea; homem e mulher, mas, psicologicamente, as identidades de gênero são tantas quantas pessoas existem no mundo.

Vamos ficar por aqui. No próximo post expandiremos mais o assunto. Até lá!

Tarô tântrico observando energia sexual sexo natural e sexualidade juntosPost escrito sob a inspiração do tantra arcano 7 De Copas na casa 10 (Capricórnio). Desejos e fantasias sexuais estão dentro do 7 De Copas, assim como as necessidades sexuais. Qual é a diferença entre desejos e necessidades? Desejos são criados pela cultura social que reprime o sexo natural. Dessa forma os desejos se tornam compulsões que, realizadas ou não, mantêm a pessoa prisioneira dos seus desejos. Necessidades dizem respeito ao sexo natural que cada um tem necessidade de expressar. As necessidades sexuais não estão compartimentadas pela sociedade como é o caso dos desejos. Elas são livres como animais selvagens. A casa 10 é a expressão e o trazer à superfície tudo o que está oculto. Traga o seu sexo, a sua sexualidade, à superfície de você mesmo. Quando trazemos os monstros para fora podemos dispor da sua força ao contrário de quando eles estão escondidos. Quando escondidos, somos atacados por eles, quando menos esperamos. Resgate-os para a luz da consciência. Namastê!

Tarô tântrico observando energia sexual. Gostou? Não gostou? Comente aí, compartilhe, curte. Fico grato.

Joel Munhoz Tarô Tântrico

(Elóy)

É Necessário Ver O Corpo Com Olhos Que Enxerguem Mais Fundo

Tarô tântrico relacionamento consigo mesmo. Rainha de Ouros na sephira 10 (morada do tantra arcano 2 A Sacerdotisa). Você está sozinho no mundo? Ou melhor, você se sente sozinho no mundo? Sozinho no sentido de que suas ideias, sua forma de pensar, sentir, perceber a vida são muito diferentes da maioria. De repente você percebe que não tem como trocar figurinhas com as pessoas. Assim, você passa a se relacionar de forma superficial, não tem como ser diferente. Mas, paralelo a isso, você está tendo um relacionamento cada vez mais profundo consigo mesmo. Sacou por que é relacionamento profundo? Porque a sephira 10 é o fundamento da árvore, são as suas raízes. No corpo humano é análoga aos pés e ao chakra básico, raiz (muladhara) – períneo, ânus, genitais. Vá para as tuas profundezas.

Tarô tântrico relacionamento consigo mesmo corpo físico reino da Rainha de Ouros

Tarô tântrico relacionamento consigo mesmo observação sexualidadeQuando as coisas estão difíceis no plano externo, material, físico, isso não é motivo para fuga, para se afundar nas drogas, sejam elas lícitas ou ilícitas. É um ótimo momento para se aprofundar em você mesmo. É um presente que o Divino está dando a você. Não lamente o fato dos relacionamentos não estarem fluindo, sejam eles amorosos, familiares, de amizade, de trabalho, sociais… Quando há dificuldade na superfície é o momento de mergulharmos, de irmos mais fundo em nós mesmos. E o que você tem de mais concreto, mais próximo de você mesmo para aprofundar? O corpo físico. Esse é o reino da Rainha de Ouros.

Tarô tântrico relacionamento consigo mesmo é necessário ir além do filtro da mente

Tarô tântrico relacionamento consigo mesmo observação sexualidadeEla dança, sapateia, transa, vive e se esbalda no mundo sensorial. Sensações físicas. É esse o reino onde você deve aprofundar primeiro a sua percepção, a sua consciência. É necessário agora enxergar o corpo por dentro. Normalmente estamos habituados a ver o corpo somente por fora, e ainda sob um padrão preestabelecido pela cultura. É necessário ver o corpo por fora com olhos que enxerguem mais fundo. É necessário ir além do filtro da mente para enxergar o corpo como ele é de verdade. Autoconhecer-se é deixar de lado todo o conhecimento exterior. Esse é um ensinamento básico do tantra arcano 2 A Sacerdotisa.

Tarô tântrico relacionamento consigo mesmo você precisa começar pelo ordinário

Tarô tântrico relacionamento consigo mesmo observação sexualidadeSe queres entrar no santuário dos mistérios da Grande Mãe, ó neófito, é necessário que estejas nu de todo e qualquer conhecimento. O conhecimento é bom apenas para te levar à porta do santuário. Mas deves abandoná-lo se quiseres entrar no santuário, no sanctum sanctorum onde vibra a tua essência divina. Para aprofundar no extraordinário você precisa começar pelo ordinário. E não tem nada mais ordinário do que o sexo. Pelo menos é nesse patamar que a cultura patriarcal de influência judaico cristã colocou o sexo. Tudo bem, comece pelo sexo. Lembre-se, para isso você precisará deixar a mente julgadora, repressora e castradora de lado. E como se faz isso? Lutando contra a mente? Não, absolutamente.

Tarô tântrico relacionamento consigo mesmo aprenda a observar a sexualidade

Tarô tântrico relacionamento consigo mesmo observação sexualidade
Tantra arcano Rainha de Ouros rege a sensorialidade, a sensualidade, o estar à vontade com o corpo físico

Lutar contra a mente é deixá-la mais forte. Apenas aprenda a observar a sexualidade em vez de analisar ou julgar. Diz Krishnamurti que a observação é o pico da inteligência humana. Sempre quando se der conta de que está julgando ou analisando a si mesmo devido às suas sensações ou preferências sexuais, substitua o julgamento – com os seus subprodutos de culpa – pela observação imparcial, neutra. Aos poucos… Veja bem, é aos poucos… Não se imponha objetivos grandiosos que você não poderá alcançar, fato esse que gerará apenas frustração. Vá devagar, valorize cada progresso por mais ínfimo que seja.

Tarô tântrico relacionamento consigo mesmo fantasias desta ou daquela orientação

Tarô tântrico relacionamento consigo mesmo é permitir-se sentir e, ao mesmo tempo, olhar-se com olhos de pesquisador. Quanto tiver sensações sexuais, quando o tesão estiver vindo carregado de fantasias seja desta ou daquela orientação sexual, deixe que venha, não aborte o processo. Apenas observe. Das sensações sexuais que estou tendo, o que de fato corresponde à minha verdadeira natureza e o que de fato é influência da cultura, da religião, da moral (mente/ego), etc.? Vamos ficar por aqui. No próximo post expandirei essa reflexão. Não perca porque o assunto é bom pra caralho!

Joel Munhoz Tarô Tântrico

(Elóy)