Praticar O Tantra No Tarô, Palavra Cabalística, Trimurti Hindu

Galera, a vida, na sua manifestação, é dual, mas na sua essência é una. Tudo o que está manifesto no plano terreno obedece à lei da dualidade. Negar isto é negar a própria vida natural, é viver num mundo de fantasia. No Tarô podemos perceber isto claramente. Toda a sua estrutura é construída sobre a dualidade assim como a vida “nasce” com o raiar do dia e “morre” quando chega a noite. No símbolo do Tao chinês – yin e yang – os opostos estão em constante complementaridade. No Tantra, Shiva e Shakti estão sempre dialogando e dançando na sua criação de vida pelo universo afora… No esquema dos chakras e da kundalini há uma interligação, uma interdependência, entre as energias masculina e feminina ao longo da coluna vertebral: o nadi masculino (Sol) Pingala com o nadi feminino (Lua) Ida. Sushumna (Fogo) é o nadi central que representa o casamento alquímico entre Ida e Pingala (equilíbrio, caminho do meio).

Praticar o tantra no tarô, palavra cabalística, trimurti hinduPraticar o tantra contido no Tarô é aprimorar cada vez mais o casamento alquímico ou equilíbrio entre os opostos no próprio ser. E a fórmula básica é a palavra sagrada cabalística Iod-He-Vau-He ou a trimurti hindu Brahma-Vishnu-Shiva-Shakti. Praticar este mantra através de diversas canções e melodias (poder do som primordial) e da visualização com sentimento de 4 cartas tiradas “ao acaso” (poder da imaginação/magia em ação) é o que venho explicando ao longo dos vídeos no meu canal YouTube “Joel Munhoz Tarô Tântrico“. Acessa lá para se aprofundar mais e, se o coração disser, dá um like para ajudar o nosso canal, se inscreve no canal, ativa o sininho para receber todos os vídeos no teu email, comenta, compartilha… Desde já agradeço.

Praticar o tantra no tarô, palavra cabalística, trimurti hinduIod-He-Vau-He ou Brahma-Vishnu-Shiva-Shakti é a vivência da DUALIDADE com totalidade e a sua consequente neutralização na TERCEIRA PONTA (retorno à unidade), e mais o 4º e mais misterioso elemento que é a vivência ou dinâmica – no mundo – do TRIÂNGULO, ou equilíbrio/casamento alquímico recém concretizado. É uma técnica de meditação poderosa que movimenta todas as energias do microcosmos homem/mulher apontando para um equilíbrio/iluminação cada vez maior.

Vejamos algumas correspondências dos tantras arcanos do Tarô com o ternário/quaternário ou TETRAGRAMA:

Praticar o tantra no tarô, palavra cabalística, trimurti hindu– Arcano 1 O MAGO: Iod/Brahma

– Arcano 2 A PAPISA: He/Vishnu

– Arcano 3 A IMPERATRIZ: Vau/Shiva

Aqui temos o primeiro triângulo/equilíbrio/casamento alquímico/iluminação. Mas, para ele ser colocado em prática é necessário o misterioso 4º elemento ou quaternário ou TETRAGRAMA: o 2º He/Shakti – Feminino Primordial Ancestral Selvagem Sagrado. Afinal, o deus sem a deusa não tem poder nenhum. Lembremos que o Deus (deva) é a consciência e a Deusa (devi) é a materialização.

Assim,

-Arcano 4 O IMPERADOR: 2º He/Shakti. É O Imperador que leva o mundo recém materializado da Imperatriz adiante. Ele expande o império (civilização) nos planos físico, psicológico, emocional e espiritual, o que veremos mais adiante nos naipes dos arcanos menores: Físico (Ouros); Psicológico (Espadas); Emocional (Copas); Espiritual (Paus). O Imperador é morte e renascimento, é a transcendência de um mundo para outro, de um nível de consciência para outro, é o movimento da vida em todos os reinos da criação. Não é à toa que O Imperador é a redução do tantra arcano 13 A Morte (1+3=4) e do tantra arcano 22 O Mundo (2+2=4). É uma pequena iluminação (satori) se expandindo para uma iluminação cada vez mais ampla.

O Imperador conclui um mundo e começa outro; morre para um mundo e nasce para outro. Assim, o próximo triângulo/ternário terá o tantra arcano 4 O Imperador no início como Iod/Brahma. Lembremos que O Imperador está no FIM e está no COMEÇO. O próximo triângulo/mundo/consciência será assim constituído:

Praticar o tantra no tarô, palavra cabalística, trimurti hindu-Arcano 4 O IMPERADOR: Iod/Brahma

-Arcano 5 O HIEROFANTE: He/Vishnu

-Arcano 6 OS AMANTES: Vau/Shiva

-Arcano 7 O CARRO: 2º He/Shakti, e Iod/Brahma do triângulo/mundo/consciência seguinte.

Joel Munhoz Tarô Tântrico

(Elóy)