Organizando A Putaria

Meditação do tantra arcano 9 de Copas na casa 9 (Sagitário)

Na vida existe muita putaria, não é mesmo? Acho que é o que mais existe, justamente porque a putaria não é algo política e socialmente correto. Por outro lado, a corrupção já é algo politicamente correto. Principalmente aqui em terras tupiniquins onde a corrupção corre frouxa e parece que já virou normalidade. Aliás, as gloriosas e afetuosas expressões “puta que pariu” e “filho da puta” deveriam, urgentemente, ser substituídas por “político que pariu” e “filho do político”. Mas, voltando à putaria que é o principal tema deste post! Putaria é uma palavra interessante, né… Aberta e de impacto. Aliás, todas as putas são muito abertas. E os putos também. Ou você acha que isso é um assunto só de mulher? A sílaba PU aprofunda… em tudo que é buraco e caverna disponível. As sílabas TA-RI-A são abertas e receptivas a todos os objetos penetrantes. Ou podem dizer que “tariam” ou estariam, não estão mais. Como, por exemplo: “não tô nem aí”, eu quero é meter, me divertir e gozar.

Organizando a putaria

Mas, de qualquer forma, é uma palavra muito impactante e de muita relevância para todas as culturas, principalmente as mais conservadoras onde a putaria é mais dissimulada e acontece por debaixo dos panos. A putaria é importante não só sob o ponto de vista “putológico” e “fodológico” como  sob o ponto de vista antropológico e até religioso. Por que religioso? Porque a putaria é um dos grandes inimigos da religião organizada. A putaria faz com que a religião seja necessária. Afinal, somente a religião e seus super heróis podem erradicar o mal que a putaria representa. É irônico porque até hoje não conseguiram realizar essa façanha; pelo contrário, tornam a putaria ainda mais marginal e nociva. Que seríamos nós sem os nossos inimigos? Se eu tenho inimigo é sinal de que eu sou importante. E, quanto mais perigoso é o meu inimigo, mais importante eu me torno.

Organizando a putaria
Tantra arcano 9 de Copas na casa 9 (signo de Sagitário).

O tantra arcano 9 DE COPAS fala na totalidade dos sentimentos e paixões, tesões e etc. Afinal, o 9 representa um mundo, um universo. Compreender um pouco mais o universo da putaria faz com que compreendamos um pouco mais a humanidade. Na putaria se extravasam todos os sentimentos que não são possíveis de se extravasar na vida em sociedade. Lembrando que a putaria é a sociedade marginal, isto é, a sociedade que não é permitida pela sociedade, mas tolerada e mantida como um meio de alimentar a sociedade na sua perene hipocrisia. E aí, você pensa muito em putaria? Normal, não é? A sociedade reprime a putaria, justamente para que pensemos muito nela – ou a favor ou contra. Quanto mais pensamos em putaria mais alimentamos os mercados paralelos e negros (lembrando que negros, aqui, não tem nada a ver com raça) que colaboram para construir a sociedade hipócrita.

Organizando a putaria

Mas a casa 9 (energia de Sagitário) tem uma bela dica para lidarmos com a putaria nossa de cada dia de uma forma saudável e construtiva. Na casa 9 encontramos as ordens, as leis, os regulamentos, a necessidade de hierarquia, de organizarmos entidades e instituições que tratem dos mais diversos assuntos e problemas sociais. Pois então, sendo a putaria um assunto tão importante, por que não organizá-la? Você já imaginou, por exemplo, a igreja da putaria, o clube da putaria, a secretaria da putaria, o ministério da putaria? Enfim… A nível particular, de cada casal, por que não organizar uma agenda da putaria? Tal dia ou final de semana seria a vez da esposa cair na putaria. Noutro dia ou final de semana seria a vez do esposo. Ou, noutra data, os dois (esposo e esposa) cairiam juntos na putaria. Quantas doenças e neuroses pessoais e sociais seriam evitadas com essa medida simples! Nos orgulhamos tanto da nossa mente superior (Sagitário) e não a usamos para organizar um assunto tão importante na vida de todos os cidadãos. Afinal, a putaria nos acompanha há tanto tempo, desde os primórdios da civilização. Você teria mais ideias de como organizá-la? Mande pra cá. Serão muito bem-vindas!

Cavaleiro De Paus Falando Sobre Desejos Carnais E Necessidades Sexuais

O tantra arcano CAVALEIRO DE PAUS resolveu soltar o verbo… Vamos aproveitar a oportunidade e ouvi-lo com atenção! O cara já andou tanto por aí, rodou mundo, caiu, levantou… afinal, ele vivenciou os naipes de Ouros, de Espadas, de Copas para, finalmente, chegar ao naipe de Paus. A juventude e a aventura são a sua tônica. Mas não te engana, não é a juventude e a aventura imaturas; é a juventude com a experiência e a sabedoria da velhice, e é a aventura precedida por uma preparação meticulosa, quando, é claro, há condições de se planejá-la; do contrário, ele não hesita em jogar-se na Vida de alma e de coração.

Cavaleiro de paus falando sobre desejos carnais e necessidades sexuais
Tantra arcano Cavaleiro de Paus

Mas, sem mais delongas, vamos ao tema: desejos carnais e necessidades sexuais. Basicamente, desejos carnais provêm da mente/ego, como sentimentos compulsivos, automáticos, inconscientes… Necessidades sexuais provêm da inteligência instintual, animal, biológica. Desejos e necessidades diferem de pessoa para pessoa. Os desejos não são importantes para a vida de alguém, mas as necessidades sim. Para manter-se vivo e saudável nosso corpo tem certas necessidades, como dormir, beber, comer, higiene pessoal, exercício físico… e sexo. A energia sexual é a nossa energia mais poderosa e, como qualquer energia, precisa ser expressa, precisa ser vivenciada.

Cavaleiro de paus falando sobre desejos carnais e necessidades sexuais

Assim, manda ver… Não fica te reprimindo nem fica te comparando com esse (a) ou aquele (a). Cada pessoa é única e, portanto, com necessidades e desejos diferenciados. O importante é manter o equilíbrio. Energia demais faz mal e energia de menos também. Tem parceiro (a)? Que legal! Não tem parceiro (a)? Que legal também… Não é bom para ti ficar mendigando o desejo nem o amor de ninguém. Ousa te conhecer primeiro, te explorar primeiro, ousa ser o teu melhor parceiro (a) sexual! Fode contigo mesmo, transa contigo mesmo, e ama a ti mesmo! Não há separação entre amor e sexo, tudo é a mesma energia de vida.

Cavaleiro de paus falando sobre desejos carnais e necessidades sexuais

Tu podes pensar assim: Ah, mas eu tenho uns desejos e umas necessidades estranhas, anormais…!!! Olha, se isso te serve de consolo… de longe todos são normais e, de perto, todos são anormais. Eu sinto desejo por homens, por mulheres, por pessoas trans… tenho desejos gays, além dos desejos “normais” ou heteros, eu gosto de sexo anal, quero ser passivo (a) ou ativo (a)… mulher com mulher, homem com homem, sexo a três, poliamor, swing, suruba, submissão, sodomização, dominação, crossdresser, lingeries, brinquedos… enfim, o repertório é variado e criativo. O normal é fazer, o anormal é não fazer. Sim, porque se tu não fazes tu fica pensando… pensando naquilo…

Cavaleiro de paus falando sobre desejos carnais e necessidades sexuais

E “aquilo” reprimido fica te incomodando, te tirando o sono, te tirando a paz. Mas, por outro lado, se tu fazes, tu ficas querendo fazer cada vez mais… podes ficar viciado, compulsivo por sexo. E aí, como sair dessa roubada? Equilíbrio meu (a) caro (a), e cada um tem o seu próprio equilíbrio. Para conquistá-lo é necessário consciência. Os desejos carnais e as necessidades sexuais às vezes se misturam. É necessário vivê-los, com consciência, para poder distinguir uns dos outros. Consciência sempre alerta, atenção no presente, fazendo do sexo solitário, ou a dois ou a três, uma cerimônia, uma celebração à Vida e ao Divino.

Joel Munhoz (Olói)

Deite E Role Na Chupada, No Boquete E No Bucete

E a Vida se delicia numa gostosa e linda chupeta… ou boquete, como queiram. Quem é que não gosta dum boquete? Há gente que diz que não gosta, outros dizem que é coisa do diabo. E por aí vai, cada um tem as suas razões para esconder o seu gosto pelo boquete, tanto para dar quanto para receber. O fato é que todos nós adoramos um boquete, quer assumamos isto ou não. Assim diz o tantra arcano 0 O LOUCO: é melhor assumir que você é louco, cara (louco por boquete), para que você não venha a se tornar louco de fato.

Deite e role na chupada, no boquete e no bucetePara ser bem claro, boquete é a felação ou sexo oral no pinto. Mas, como O LOUCO gosta de inventar, criar e recriar (e bagunçar o politicamente correto), pelo menos no presente artigo, boquete, além de ser o sexo oral no pinto também passa a ser o sexo oral na buceta (que também é chamado de cunilingus ou “botar a cara no mato”). Ou… quem sabe a chupadinha na buceta não seria “bocete” ou “bucete”? A verdade é que todas as pessoas que reprimem o gosto pelo “boquete” ou “bucete” se dão mal lá na frente. Outros se dão mal atrás, mas, afinal, gosto é gosto e não se discute, e o importante é ser feliz.

Deite e role na chupada, no boquete e no buceteNo fundo, todos nós somos grandes chupadores ou mamadores, e doadores de mamadeira de onde sai o néctar da deusa (amrita) e o leite do deus; e não tem nenhum mal nisso. Chupar, mamar ou lamber é uma necessidade fisiológica super saudável. Quem exercita esta prática se torna mais humano e tolerante. Quem não exercita se torna recalcado e agressivo. Além do mais, se você não exercita a sua oralidade sexual a energia se volta contra você. É sabido que os hormônios do prazer e do bem-estar (endorfina, serotonina, dopamina, ocitocina) têm grande importância no correto funcionamento do sistema imunológico. E, se o nosso sistema autoimune se encontra debilitado, os vírus e as bactérias do mal fazem a festa.

Assim, não dê mole para os microrganismos patogênicos. Chupe! Chupe bastante! Deite e role na chupada, no boquete e no bucete! E também se deixe chupar e mamar de todas as formas… Desde que se observe alguns cuidados com a higiene íntima, é claro. Ah, e a confiança no (a) parceiro (a) de chupada também é fundamental. Observados estes cuidados básicos, é partir para o abraço, para os beijos, para os amassos, para os roça roças e para muitas chupadas (boquetes e bucetes) das deusas e dos deuses.

  • Deite e role na chupada, no boquete e no buceteTexto escrito sob a inspiração do tantra arcano 0 O LOUCO e do CAVALEIRO DE OUROS na casa 11 (energia de Aquário). O Cavaleiro de Ouros é o (a) jovem que percorre o mundo em busca de aventuras, de trabalho, de festa, de brincadeira… É a seiva da juventude que corre nas veias, nos nervos, nos músculos… Ele quer descobrir e experimentar coisas novas… Ele não se conforma com o que leu ou ouviu falar, ele precisa ver de perto, tocar, mamar, se dar a mamar, e por aí… Na casa 11, então, ele fica mais louco, louco de bom… Esta é a casa dos amigos, dos mestres, da humanidade, do “amor que eu recebo”. Amigos de boquetes e bucetes, que tal… kkkk. A maestria do sexo oral onde um (a) aprende com o (a) outro (a). Permita-se receber o amor de todas as formas possíveis, inclusive através do boquete e do bucete.  Boas mamadas e mamadeiras a todos!

Joel Munhoz Tarô Tântrico

(Elóy)