O Sexo É Um Caminho Espiritual, Vale A Pena Percorrê-Lo

A energia sexual é a energia mais poderosa que temos neste plano terreno. Ela é a responsável pelo prazer de estarmos vivos, aqui e agora. A Vida dá continuidade a si mesma através do sexo. O amor físico é sexo. O tesão de viver, conquistar, criar, procriar, cultivar, construir, etc., é sexo. Alguém poderá dizer: mas e o espírito, a energia espiritual, não é a mais importante? Sim, com certeza. Mas, para o tantra, energia sexual e espiritual são a mesma energia. Assim não há briga para ver quem é a mais importante, não é mesmo? Energia vital é a mesma em todos os reinos e dimensões, apenas ela se manifesta em diferentes frequências de vibração ou em diferentes oitavas do teclado cósmico. O sexo é um caminho espiritual, vale a pena percorrê-lo.

O sexo é um caminho espiritual, vale a pena percorrê-lo

A energia sexual vivenciada pelas pessoas é a sexualidade. Cada um tem a sua. Cada pessoa é uma identidade de gênero no âmbito da sexualidade, não há ninguém igual. O tantra trabalha a libertação da sexualidade compulsória para que você vivencie a sua energia sexual de uma maneira livre. Ser liberto da sexualidade não significa que você se torne um abstêmio sexual, significa que você vivencia a sua energia sexual sem ser dela um escravo. Afinal, o sexo é bom, mas não é tudo. Há tantas outras coisas maravilhosas na vida para serem curtidas e desfrutadas. Mas, para descobrir isso é necessário ir fundo no sexo. Vivenciar com consciência, vivenciar o prazer não só pelo prazer, mas com a intenção de aprender, de se conhecer a fundo.

O sexo é um caminho espiritual, vale a pena percorrê-lo

Assim, chegará um momento em que você se cansará do sexo. Aí é o momento da libertação, de respirar acima do sexo. Mas enquanto o apelo sexual estiver forte é preciso navegar e mergulhar nele, porque se você tentar se abster haverá repressão. O tantra é o caminho da libertação, da iluminação, que precisa ser trilhado passo a passo. Cada passo tem a sua própria alegria e tristeza… e beleza. Sim, beleza… podemos vê-la e senti-la tanto na alegria como na tristeza. Basta aceitarmos totalmente, tanto uma quanto outra. A lei do três ou do triângulo exemplifica bem isso. Há um tempo para fazer sexo (1) e há um tempo para se abster do sexo (2). Tanto o fazer quanto o não fazer devem ser feitos com muita consciência, muita presença.

O sexo é um caminho espiritual, vale a pena percorrê-lo
Tantra arcano Rei de Espadas: a “segurança” do sexo machista idealizado pela cultura patriarcal.

Assim, após o fazer e o não fazer surgirá um terceiro elemento (3) que independe da tua vontade. Você será jogado (a) num vácuo de transcendência (pequena iluminação). É nesta terceira ponta do triângulo que acontece a lucidez, a clareza, a percepção, a libertação, o divino… O fazer e o se abster (dualidade) são importantes para que você seja jogado (a) além da dualidade. Esse é o passo a passo de que falei anteriormente. A libertação é gradativa, a iluminação é gradativa, assim como uma jornada cumprida é o resultado de todos os passos que foram dados para concretizá-la.

Joel Munhoz (Elóy)

No Sexo Tântrico O Homem Precisa Aprender Com A Mulher A Ser Água

A mulher é a grande iniciadora no tantra. O seu elemento correspondente é a Água enquanto o homem corresponde ao elemento Fogo. É por isso que no sexo profano comum o homem é muito afoito, logo quer penetrar e ejacular. A mulher precisa de mais tempo para ter a sua vagina lubrificada e pronta pra penetração. Por isso as carícias preliminares são tão importantes. E aí, homem varão macho alfa, tu estás preparado para ser um homem mais inteiro e mais verdadeiro? Porque fomos educados nesta cultura patriarcal a sermos o fodão e acabamos por não sermos fodão porra nenhuma. Você acha que ser fodão é meter numa vagina fria e seca e ejacular após no máximo 5 minutos de penetração? A mulher nem ficou pronta pro sexo e você já gozou. Aí ninguém pode ser feliz, nem você nem ela.

No sexo tântrico o homem precisa aprender com a mulher a ser água
A mulher por cima durante a penetração pode facilitar o arrefecimento do ímpeto masculino. Ela pode controlar os movimentos e fazer com que a relação seja mais duradoura e prazerosa, evitando inclusive a ejaculação precoce. É uma boa posição para o homem aprender a ser água. O mesmo vale para as relações gays masculinas com o homem passivo por cima.

O mesmo ocorre nos relacionamentos homoafetivos, predominantemente, é claro, entre os homens, já que as mulheres gays ou bissexuais se compreendem mutuamente. No relacionamento gay masculino o homem que penetra é o masculino e o homem que é penetrado é o feminino. Assim, o homem ativo é fogo e o homem passivo é água. Da mesma forma, nos relacionamentos gays femininos, a mulher ativa é fogo e a mulher passiva é água. O fogo é um elemento masculino, ativo, volátil, sua orientação é para cima. A água é um elemento feminino, passivo, denso, sua orientação é para baixo. No sexo comum o fogo não se mistura com a água. No sexo tântrico há uma mistura, uma alquimia porreta.

No sexo tântrico o homem precisa aprender com a mulher a ser água
Tantra arcano 11 A Força: a dama e o leão. A sutileza da força feminina. Ela domina a fera – tesão sexual – não com violência, mas com sutileza e principalmente compreensão, consciência.

O fogo está sempre pronto. A água demora um certo tempo para ser aquecida. O seu ponto de ebulição é de 100º centígrados ao nível do mar. A água tem o poder de arrefecer o ímpeto do fogo. Em demasia pode apagar o fogo, mas na dose certa é uma delícia. O homem que se deixa tocar pelos mistérios da água pode aprender coisas incríveis, delícias e mais delícias… Assim, o seu fogo se tornará positivo, servirá para aquecer a água até chegar no seu ponto de fervura. Nada mais frustrante e brochante do que o fogo para um lado e a água para o outro. Nada mais extasiante e excitante do que o fogo e a água se misturando numa dança erótica sagrada. Esta alquimia é o sexo tântrico. Somente assim o homem pode se aprofundar nos mistérios femininos (Shakti/Ísis) e a mulher nos mistérios masculinos (Shiva/Osíris)

Joel Munhoz (Elóy)

Muitos Egos Dentro De Você Em Conflito Uns Com Os Outros

Tarô tântrico muitos egos na mente. Olá, 7 de Copas chegando… O cara saiu na casa 4 (Câncer). Está banhado pela energia canceriana. Vamos entrar dentro dele, devassar as suas entranhas… Ou, numa versão mais feminina, permitir que ele penetre até o mais profundo do nosso ser. Uma coisa é ser Shiva, outra coisa é ser Shakti, porém, as duas se complementam, uma energia não existe sem a outra. O tantra arcano 7 de Copas tem uma energia predominante masculina (Shiva/yang). O número 7 é masculino, uma energia de ação. Ele é um conquistador, vai em busca de novas aventuras que mexam e remexam com as suas emoções, os seus sentimentos. Quer viver tudo o que for possível para saciar os seus desejos. Perceberá, no final, que os desejos são insaciáveis. Porém, reprimir os desejos também é um mau negócio. O tantra nesse arcano nos ensina a vivenciar os desejos de uma forma consciente.

Tarô tântrico muitos egos na mente 4ª casa altamente sensível adora o passado

Já por sua vez a energia de Câncer (4ª casa) está mais para o feminino do que para o masculino. Câncer é a casa, é o lar. Vontade de ficar quieto, sossegado, curtindo a família. Tem uma energia muito maternal, nutritiva, afetuosa. Adora o passado, gosta de remoer fatos passados; lembranças, na maioria das vezes não tão boas assim… Se ressente e se magoa com facilidade. Dotado de uma afetividade muito grande que nem sempre consegue demonstrar. Se comove com facilidade – chorão, chorona… É altamente sensível, consegue facilmente se colocar no lugar dos sofredores. Pode expressar essa sensibilidade à flor da pele através da arte.

Tarô tântrico muitos egos na mente em conflito uns com os outros

Tarô tântrico muitos egos na mente em conflito uns com os outrosBueno, juntando essas duas peças – 7 de Copas e 4ª casa – temos aí uma parafernália de emoções, sentimentos, dramas, e muitos atores a representar e sentir todos esses dramas e sentimentos. Muitos rostos, muitas máscaras, muitas personalidades, muitos egos agitam a sua mente. Num momento você tem um impulso, noutro momento você tem outro. Num momento você quer ser uma coisa, noutro momento você quer ser outra coisa. Você sente que você é uma variedade enorme de seres, de eus, de egos… E na realidade é. E o pior… Muitos desses egos dentro de você estão em conflito uns com os outros. Assim, dentro de você agitam-se grandes batalhas navais em mares bravios.

Tarô tântrico muitos egos na mente vidas anteriores masmorras do inconsciente

Esse conflito acontece num momento em que a sua busca espiritual se torna intensa. Você poderá até nem estar envolvido numa busca espiritual objetiva, mas o fato é que você buscou muito em vidas anteriores. A energia canceriana também tem a ver com vidas anteriores ou o ciclo de mortes e renascimentos, desencarnes e reencarnações. Na vida atual, então, todos esses egos ou personalidades de encarnações passadas querem se expressar novamente. Isso é representado na carta 7 de Copas como essas 7 personalidades, máscaras ou situações. Mas por que isso? Porque a busca mexe com quem está quieto. A busca leva luz às masmorras escuras do inconsciente.

Tarô tântrico muitos egos na mente sentimentos reprimidos situações mal resolvidas

Tarô tântrico muitos egos na mente em conflito uns com os outrosNas suas vidas anteriores muitos sentimentos foram reprimidos, situações não foram vivenciadas como deveriam ser. Você interagiu com muitas pessoas, amou, odiou, se magoou e magoou, foi violento, assassinou, foi assassinado, ocupou várias posições sociais e econômicas, exerceu variadas profissões, foi homem, foi mulher; enfim, muitas situações ficaram mal resolvidas, pendentes… Assim, na vida atual, elas precisam ser vivenciadas novamente – até esgotarem-se por completo. Mas isso é impossível… Até um certo ponto sim, até um certo ponto não…

Tarô tântrico muitos egos na mente personalidades anteriores buscam se expressar

Na sexualidade, então, isso se torna muito intenso… E mais sofrido também porque ainda vivemos sob muitos tabus. As orientações sexuais vão mudando ao longo da vida. Tanto para o homem quanto para a mulher. Você é muitos (as) internamente. Afinal, são várias personalidades de vidas anteriores que buscam se expressar novamente. Sente os mais variados desejos e as mais variadas fantasias, tanto hetero quanto homo. Transita por muitas e muitas identidades de gênero, mas não consegue se definir por nenhuma. Ao longo de uma vida você pode sentir que está vivendo várias vidas. As personalidades vão mudando ao longo das várias faixas etárias.

Tarô tântrico muitos egos na mente aceitação o maior aprendizado

Tarô tântrico muitos egos na mente em conflito uns com os outrosComo lidar com isso? Em primeiro lugar aceitar-se. A aceitação é o maior aprendizado no caminho do tantra. Não é fácil, mas é necessário. Lutar contra para abafar essas vozes interiores é lutar contra si mesmo. E se você luta contra você mesmo o fim é trágico. Você morrerá infeliz. Em vez de lutar contra, de se controlar ou se reprimir você precisa fazer um trabalho de constante aceitação de si mesmo; você pode se trabalhar sozinho (a) ou com a ajuda de um terapeuta que conheça profundamente esse tema. No tantra a aceitação é fundamental. Lembrando que a aceitação é todo o caminho para a aceitação. É um processo, passo a passo.

Tarô tântrico muitos egos na mente autoexpressão de sentimentos e fantasias sexuais

Lanço mão, no meu trabalho terapêutico, de várias técnicas de meditação – ativas e passivas – que estimulam a aceitação de si mesmo. Dentre elas estão a bioenergética tarotântrica e a massagem tarotântrica, duas poderosas ferramentas que trabalham a autoexpressão de sentimentos e de fantasias sexuais. No ambiente seguro e privativo do espaço terapêutico você pode dar vazão às várias personalidades que agitam o seu mundo interior. Você faz um psicodrama ao mesmo tempo em que joga fora o lixo emocional e psicológico – com consciência. Ficar louco com consciência é de vital importância para não se enlouquecer de verdade.

Tarô tântrico muitos egos na mente o animal uma força na sua vida

Tarô tântrico muitos egos na mente em conflito uns com os outrosA abordagem terapêutica do Tarô Tântrico vai transformando a fera num animal domesticado. O que era, antes, um monstro, vai se transformando num animal de estimação – um gato, um cachorro, um cavalo… (metaforicamente falando). Você não se livra do animal; até porque se livrar do animal é morrer. O animal é o que nos mantém vivos no sentido biológico e instintivo. A diferença é que antes você tinha medo do animal. Ele controlava você. Agora você fez as pazes com ele. Você, então, pode controlá-lo. Ele se torna uma força (tantra arcano 11 A Força) na sua vida e não mais um obstáculo.

– Se gostou do texto pode curtir, compartilhar nas redes sociais, com amigos… Você estará ajudando o blog a crescer. Fico muito grato.

Joel Munhoz Tarô Tântrico

(Elóy)

 

Massagem Yoni Poder Feminino Cósmico Da Mulher

Tarô tântrico massagem yoni. A massagem tarotântrica mexe com todas as energias do ser. Desde as energias mais densas até as mais elevadas. Denso ou elevado, tudo é energia, nada deve ser desprezado, rechaçado, negado ou reprimido. Descrevi a massagem no lingam, no Shivalingam ou no homem como um todo. Hoje irei descrever a massagem na yoni, na shakti, na mulher como um todo. Durante uma sessão de massagem tarotântrica há uma grande celebração, uma cerimônia, uma oração, uma meditação. Massagista terapeuta e massageado (a) cliente interagem num nível de vibração diferente do nível de vibração da mente/ego.

Tarô tântrico massagem yoni regiões adormecidas despertando

Tarô tântrico massagem yoni consciência sobre sexualidade e sentimentosA massagem tarotântrica ocorre num ambiente de supra consciência, ou seja, com a consciência expandida, além dos estreitos limites dos 5 sentidos físicos. Cada sentido físico se torna mais amplo, se expandindo para oitavas mais amplas do grande teclado cósmico. O sentido do tato, por exemplo, sentido fundamental na massagem, se amplia para percepções de toques cada vez mais sutis. Você vai percebendo sensações que antes você não percebia. Muitas regiões adormecidas do seu corpo vão despertando… Junto com o prazer também está a dor, pois um não vive sem o outro. Nosso corpo é vivo não só no sentido físico, mas também nos sentidos psíquico, emocional e espiritual. Normalmente as pessoas estão vivas somente fisicamente. Mentalmente, emocionalmente e espiritualmente permanecem mortas.

Tarô tântrico massagem yoni todo o ser mulher é yoni

Tarô tântrico massagem yoni consciência sobre sexualidade e sentimentosA yoni (vagina e vulva) pode ser traduzida do sânscrito como espaço ou templo sagrado. Porém, ampliando mais a percepção, todo o ser da mulher é uma yoni. Assim, quando massageamos a mulher – todo o seu corpo – estamos massageando a yoni na cabeça, nos seios, nos braços, nas pernas, na barriga… e, quando chegamos de fato à yoni (vagina, vulva), estamos chegando ao sanctum sanctorum da Mãe Natureza onde se encontram os mitos de todas as deusas, especialmente de Kali, A Negra, a suprema deusa do tantra. Visualizemos um círculo imaginário no corpo da mulher com a vagina no centro. A periferia deste círculo é a parte superior das coxas, o baixo ventre, os quadris…

Tarô tântrico massagem yoni sensibilidade e consciência no pico

Tarô tântrico massagem yoni consciência sobre sexualidade e sentimentosAdentrando um pouco mais, as virilhas, a parte interna das coxas… Um pouco mais, a vulva, os grandes lábios, o monte de Vênus, o púbis, o clitóris, o ponto G, a vagina… Este é o sanctum sanctorum da natureza que o (a) massagista tarotântrico (a) deverá tocar quando a sensibilidade e a consciência estiverem no seu pico. Quando massageada e massagista estiverem em perfeita harmonia e sincronia, nunca antes… Na sociedade patriarcal em que vivemos a mulher tem sido dominada na sua força ancestral, no seu poder feminino cósmico. Quem já ouviu falar de Feminino Ancestral, Sagrado Feminino, de Shakti, Shekinah, enfim, dos mitos de todas as deusas, pode compreender do que estou falando…

Tarô tântrico massagem yoni poder ancestral do sagrado feminino

Tarô tântrico massagem yoni consciência sobre sexualidade e sentimentosA mulher está ganhando espaço na sociedade, as leis estão evoluindo para proteger os direitos das mulheres, mas, infelizmente, para lutar pelo seu espaço as mulheres precisam se tornar tão machistas quanto os homens machistas. Na massagem tarotântrica a mulher pode recuperar o seu poder ancestral do sagrado feminino. As suas feridas emocionais e sexuais (abusos e violências de toda ordem) podem ser curadas. Feridas essas que não dizem respeito a apenas uma vida, mas a todas as suas vidas pregressas. Está certo que em algumas das suas vidas anteriores a mulher de hoje pode ter sido homem, mas isso não anula o trabalho com o feminino ancestral. No frigir dos ovos, todos nós, homens e mulheres, quer sejamos machistas ou não, sofremos, e muito, por termos sido sabotados no nosso feminino ancestral. A sociedade profundamente desigual nos seus direitos básicos é o exemplo mais contundente disto.

Tarô tântrico massagem yoni sexualidade e sentimentos

Tarô tântrico massagem yoni consciência sobre sexualidade e sentimentosA massagem na yoni (vulva e vagina) irá despertar sensações adormecidas, prazeres nunca antes sentidos e dores que estavam escondidas nos porões do inconsciente. A dor precisa vir à tona para que possa ser elaborada pela mente consciente e, finalmente transformada em luz. Isso tudo acontece numa única sessão de 1h 30m? É claro que não; são necessárias várias sessões para que a mulher vá recuperando a consciência sobre a sua sexualidade e os seus sentimentos. A massagem tarotântrica é uma profunda e ampla terapia corporal, sexual, sensual, psicológica, emocional, consciencial e espiritual. Desperta na mulher a sua capacidade de gozar intensamente, não somente no sentido genital apenas, mas no seu todo orgânico de mulher selvagem sagrada ancestral. Quando a mulher une o profano com o sagrado ela se torna de fato uma mulher inteira dona do seu corpo, dos seus pensamentos e sentimentos. Estará apta, portanto, a vivenciar o orgasmo cósmico.

Tarô tântrico massagem yoni consciência sobre sexualidade e sentimentosOBS.: Tarô tântrico massagem yoni é um texto escrito sob a inspiração do tantra arcano 10 De Copas sob a regência de Marte. 10 De Copas é a totalidade e intensidade de sentimentos. É a vivência dos sentimentos e emoções na sua plenitude. Tudo o que estava morto passa a ter vida novamente. Marte é o planeta da ação, da agressividade, da luta, do abrir caminho na vida. É o bom combate, é a luta que realmente vale a pena ser lutada. É a força cósmica do sexo e dos músculos ganhando uma energia extra. É a mulher poderosa, sentindo-se dona de si mesma.

No momento estou sem espaço, à procura de um… Estou atendendo, portanto, a domicílio.

Valor da sessão: $200,00.

Para maiores informações envie mensagem pelo contato ou através do celular whats app (Claro) 51 99836-5851.

Tarô tântrico massagem yoni consciência sobre sexualidade e sentimentos

Joel Munhoz Tarô Tântrico

(Elóy)